Dedicated to the ONES I love*

Pois é. Vida morna. Coisas interessantes a se fazer, porém pessoas amadas sofrendo.

Eu gostaria de pensar em alguma coisa para fazer as pessoas que me são caras pararem de sofrer. Eu gostaria de que eles ouvissem o que eu lhes digo, os conselhos que eu lhes dou. Eu gostaria de fazer com que o efeito do passar do tempo viesse, mas sem ter que esperar que o tempo, efetivamente, passe.

Uma coisa, assim, bem Fada-Madrinha da Cinderela, hehehe. QUE TUDO QUE NÃO SERIA, NÃO É? Mas só me resta sonhar e divagar. "Devaneios de uma raparida loura (tingida)"**, hahaha.

Ai, Deus! Nos ajude! Rápido. Bem rápido, se não for pedir muito.

*Referência à música "Dedicated To The One I Love", do The Papas and The Mamas.
**Referência ao conto "Peculiaridades de uma rapariga loura", de Eça de Queirós.


Para finalizar, uma poesiazinha***:

Falta tanta coisa na minha janela
Como uma praia
Falta tanta coisa na memória
Como o rosto dela
Falta tanto tempo no relógio
Quanto uma semana

Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero
Sobram tantas meias-verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo

Sei lá se o que me deu foi dado
Sei lá se o que me deu já é meu
Sei lá se o que me deu foi dado ou se é seu

Sei lá... sei lá... sei lá...

Vai saber...
Quem souber me salva...


***Na verdade a "poesiazinha" é uma linda letra de música de "O Teatro Mágico".

:**

1 comentários:

Kleyton disse...

SHOW DO TEATRO MÁGICO, VERDADEIRA PROVA DE AMOR!!!!!!

 
designed by suckmylolly.com